Dificuldade:
Custo:
Tempo de Preparação:
Tipo de Refeição:
Ocasiões:
Chef:

Alimento Autêntico

Uvas

home-slider-top

Em tempo de vindima, as uvas ...um alimento que protege a saúde

Olhando um cacho de uvas, apercebemo-nos imediatamente da sua beleza e fragilidade. Raras vezes lembramos os segredos e inúmeras propriedades que este fruto nos reserva. Fique a saber tudo e desfrute ainda melhor o próximo cacho de uvas.

Saborear um cacho de uvas é uma coisa tão banal que nem nos damos conta de toda a riqueza que nos está a passar pelas mãos... e pela boca. Repare, no entanto, que as uvas são um fruto muito nutritivo e apreciado pelo seu sabor agradável, leve e peculiar. Contêm muita água (cerca de 80%) mas o seu conteúdo em açúcares é elevado, principalmente em frutose e glicose, o que faz com que seja um dos frutos com valor energético mais elevado - 100g de uvas brancas fornecem 72 Kcal e de uvas pretas 77 Kcal. São ainda ricas em fibras, ferro, potássio e têm um teor moderado de cálcio, fósforo e magnésio. De entre as vitaminas, destaca-se o elevado teor em vitamina B6 e apenas as uvas pretas apresentam conteúdos consideráveis de carotenos (precursor da vitamina A). A grande particularidade nutricional desta fruta é que é uma das mais ricas em fitoquímicos, substâncias muito benéficas ao organismo.

A cor, o tamanho, o sabor e as características físicas das uvas diferem entre as milhares de variedades existentes. No entanto, são classificadas em termos básicos quanto ao destino da produção. Assim, temos as uvas de mesa – para serem comidas – e que apresentam variedades com baixa acidez e pobres em açúcares. Precisam de cumprir padrões de tamanho, coloração e forma e estão reservadas para o consumo in natura. Por oposição, temos as uvas de vinho, que são variedades com maior acidez e conteúdo moderado de açúcares, utilizadas na vinicultura ou por último as uvas passas, que apresentam baixa acidez e elevado conteúdo em açúcares, sendo uma fonte muito concentrada de calorias, e usadas na elaboração do fruto seco e que podem ser encontradas à venda ao longo de todo o ano. Além disto, a uva também foi sendo usada como tempero, conservante e remédio, para a produção de sumo; vinagre; óleo de grainhas de uva, preparados culinários e ainda na confecção de doces e geleias.

É principalmente na pele e nas sementes da uvas que estão presentes os compostos mais importantes para a saúde. No entanto o principal problema das uvas, são as substâncias contaminantes que podem estar presentes na sua casca, como fungos, bolores e poluentes transportados no ar, bem como resíduos de pesticidas, assim é muito importante lavar bem as uvas antes de as consumir. A combinação entre a textura estaladiça e o sabor seco, doce e ácido aliado ao facto de serem um alimento prático, faz com que sejam uma fruta de eleição para um lanche ou uma merenda da manhã saudável e equilibrada, bem como uma adição refrescante e um complemento nutricional às saladas de fruta ou de vegetais.

Atualmente, a Europa lidera a produção mundial de uva de mesa, destacando-se a Itália, a França e a Espanha. Em Portugal as zonas de maior produção de uvas de mesa localizam-se essencialmente no Algarve e no Ribatejo, mas também em Palmela e Ferreira do Alentejo. As variedades de uvas de mesa mais produzidas em Portugal são a cardinal, vitctória, palieri, red globe, crimson e sugraone. No entanto, a balança comercial nacional é deficitária. As vendas ao exterior são muito modestas, comparativamente as importações. O principal fornecedor do mercado nacional é Espanha e, em período de contra-estação, a África do Sul e o Chile. Em Portugal a comercialização de uva de mesa inicia-se em Julho e termina em meados de Novembro.

Ao contrário do que acontece com a maior parte das frutas, as uvas não adquirem mais açúcar na fruteira. Por isso, se ainda estiverem verde e ácidas, podem ir murchando e amolecendo, mas permanecerão ácidas. A coloração da uva reflete a sua maturação e doçura. A uva verde deve apresentar uma tonalidade ligeiramente amarela, a uva vermelha deve ter uma cor uniforme e a uva preta deve ter uma cor bastante escura. Deve escolher as uvas que estejam encorpadas e não enrugadas. A sua estrutura deve estar intacta, sem manchas ou mazelas, não deve libertar sumo e deve estar firmemente presa ao caule. Idealmente devem ser consumidas após a compra mas caso contrário devem ser mantidas no frigorifico, sem serem lavadas. 

Mais alimentos